quarta-feira, 2 de maio de 2012

Estou escrevendo off line.
E, nossa, como isso é bom.

Se eu ficasse rica com isso seria perfeito.

Por enquanto é só uma forma de escapar.

Não morri, não desapareci, não desisti.

Só vou ali, ver o que perdi.

Um comentário:

Engraçadinha disse...

Me ensina como se faz?
Esse negócio de escrever offline, como é?


Delírio Niilista: falso sentimento de que o mundo, as outras pessoas ou a própria pessoa não existem